A Leitura do Nariz

Holopuntura
Freud - Nariz de Palhaço - Arte Digital: Henrique Vieira Filho Os traços do nariz podem revelar características individuais de: envolvimento pessoal, comando, orgulho, seriedade, teimosia, convivência difícil, autoritarismo, otimismo, pessimismo e coragem, dentre outras. Acredita-se que a região do nariz é relacionada com o envolvimento pessoal. Assim, narinas largas (geralmente confirmadas pela largura dos ombros), podem também indicar limitações para a convivência com um só parceiro. A aresta côncava em sua parte superior revela a predominância das faculdades femininas de impulsividade e emotividade, e a aresta convexa, revela a predominância da faculdade masculina energética. Saliência na ponta do nariz pode indicar predominância mental. No registro psíquico, os traços de nariz podem revelar o direcionamento, o desejo de troca, os níveis de confiabilidade pessoal e as resistências assimiladas ou desenvolvidas pela percepção (série de associações velozes) ou pela sensação.

O nariz (“pirâmide do rosto”) é considerado pela ciência moderna como uma saliência na face, acima da boca, que contém a parte anterior da cavidade nasal, comunicando-a com o exterior pelas narinas; seu orifício posterior é a cóana (orifício da cavidade nasal que se comunica com a parte nasal da faringe). É o órgão da olfação (através das terminações olfativas da mucosa) e também o ducto por onde o ar passa durante a respiração. No período da puberdade o nariz já terminou sua evolução morfológica. O nariz se associa à pele e seus anexos.

Sigmund Freud (1856-1939) levantou a questão esclarecedora de que, quando o Homo sapiens se tornou ereto, a distância ampliada entre o ânus e a genitália e o nariz, modificou o valor do olfato!

A leitura a seguir é uma adição necessária para a técnica “Análise da Imagem Holística do Cliente,” facilmente encontrada no site www.holopedia.com.br

Tem como objetivo acrescentar recursos para facilitar a análise e a interpretação dos mais recorrentes traços de nariz que podem ser revelados nas imagens do cliente. As expectativas são de aproximadamente noventa por cento de exatidão, possibilitando assim, revisões constantes capazes de conduzir o Terapeuta à percepção, a observação, a investigação e a avaliação subseqüente, pois, quando o Terapeuta faz a análise, é ampliada a sua interpretação da situação do cliente naquele momento.

A ideia, bem como o material prático aqui inserido, é fruto do convívio e da experiência do autor junto a clientes, e do trabalho de pesquisa contínuo, o que lhe permitiu acumular as informações que muito contribuem para a sua atuação profissional.

Ousamos incluir apenas traços fundamentais que normalmente se apresentam no decurso da interpretação da imagem do cliente por armazenarem grande volume de informações, onde a versatilidade, a pesquisa e a atualização ressaltam as qualidades como o elemento de apoio à análise e interpretação.

I- Nariz de traço vertical no meio da face ( I ): pode revelar um cliente que se envolve com coerência e que responde dentro do que sabe,  mas que se propõe  a solucionar o que não sabe. Seu maior desafio poderá ser sua tendência esnobe de valorizar somente o que acredita ser superior.

II – Nariz de traço vertical com uma narina ( ! ): pode revelar um cliente sofisticado com tendência a se envolver somente com aquilo que considera surpreendente. Seu maior desafio poderá ser o desiderato de ser a “cereja do bolo”.

III- Nariz de traço vertical com duas narinas ( !. ): pode revelar um cliente com predisposição para novas relações as quais procurar torná-las mais charmosas. Seu maior desafio poderá ser de o não conseguir estimular o inusitado.

IV- Nariz de traço em tipo ( ? ): pode revelar um cliente que se preocupa enormemente em ser atencioso e com o compromisso severo de agradar a todos. Seu maior desafio poderá ser minimizar suas limitações.

V- Nariz de traço em tipo (): pode revelar um cliente com profunda convicção de que os padrões que lhe foram determinados deverão nortear suas atitudes. Seu maior desafio poderá ser o de exigir muito do outro e de pouca exigência consigo mesmo.

VI- Nariz de traço com somente uma bolinha ( º ): pode revelar um cliente perseverante com  crença ou filosofia não necessariamente no sentido religioso, mas no sentido geral.  Que enfrenta os problemas e os tropeços da vida, erguendo-se e seguindo em frente. Seu maior desafio poderá ser o não ser o de não acolher o argumento do outro.

VII- Nariz em traço com duas bolinhas ( º º ): pode revelar um cliente com exigência de querer tudo do seu jeito e que não admite que os interesses do meio em que interage se desviem da direção dos seus próprios interesses. Seu maior desafio poderá ser refletir antes de assumir o seu posicionamento.

VIII – Nariz em traço na horizontal, mas com narinas de bolinhas ( . - . ): pode revelar um cliente que tem como primeiro objetivo ganhar. Sabe priorizar e se prepara para o “bom combate” com tranqüilidade, mas às vezes acaba perdendo. Seu maior desafio poderá ser o de avaliar melhor a sua estratégia no envolvimento.

“Eu te pus um anel no nariz [...]” Ezequiel 16:12

IX- Nariz em traço horizontal (): pode revelar um cliente oportunista que parte do princípio que vai dar certo por acreditar que não existe nenhum risco para a oportunidade a qual lhe trará bons resultados. Seu maior desafio poderá ser o de avaliar melhor as situações de risco e benefícios.

X- Nariz em traço tipo ferradura para cima ( ): pode revelar um cliente que tem como objetivo ser o centro das atenções e acredita que todos vivem em uma situação inferior daquela em que ele vive. Seu maior desafio poderá ser o de minimizar seu egoísmo.

XI- Nariz em traço tipo ferradura para baixo (): pode revelar um cliente que acredita não ter valor no meio em que interage e que por isso se retrai. Seu maior desafio poderá ser o de se sociabilizar.

XII- Nariz em traço tipo triângulo ( ?) ou ( ?) : pode revelar um cliente que desconfia de todos aqueles que desejam fazer parte do seu grupo social ou familiar. Seu maior desafio poderá ser o de construir relacionamentos não superficiais.

XIII- Nariz de traço em forma de um quadrado ( ?): pode revelar um cliente “cabeça dura” em que predomina apenas a defesa do seu próprio modo de ser, não aceitando opiniões contrárias à sua. Seu maior desafio poderá ser a alteridade.

XIV- Nariz de traço em forma retangular com narinas fora ( .?. ): pode revelar um cliente com a aparência de moralista e que influencia o externo. Essa aparência, às vezes pode ser enganadora. Seu maior desafio poderá ser o de observar que os outros podem estar alerta.

XV- Nariz de traço em forma retangular com narinas dentro do retângulo: pode revelar um cliente protetor que tem como compromisso elaborar critérios para proteção de si, para sua família, e para a comunidade a qual pertence. Seu maior desafio poderá ser revelar o verdadeiro objetivo da proteção desejada.

“[...] as filhas de Sião são vaidosas e andam com o nariz empinado, [...]” Isaías 3:16

Para saber mais: www.holopedia.com.br

 

 

>Raimundo Amim Lima Haddad - CRT 38326 - Terapeuta Holístico

Raimundo Amim Lima Haddad - CRT 38326 - Terapeuta Holístico, trabalha com Reiki, Calatonia, I Ching, Florais, Terapia Corporal e Fitoterapia, dentre outras técnicas.

amimhaddad@amimhaddad.com

 

No registro psíquico, acredita-se que os traços da boca compõem um código repleto de sinais capazes de revelar aspectos que podem ou não ser conscientes, dentre os quais podemos destacar: satisfação pessoal, realização interna, sentimentos de liberdade, etc. Por outro lado, ostraços dos lábios revelam uma interpretação possível da afetividade, amorosidade, objetividade e interesses pessoais, e os traços da língua podem indicar os movimentos da busca do prazer, satisfação ou insatisfação.

A ciência moderna define a boca como a primeira parte do sistema digestório, constituída por uma cavidade que se comunica com o exterior pelo vestíbulo (porção periférica compreendida entre os arcos dentais, os lábios e a bochecha), e com a laringe, pelo istmo das fauces(abertura através da qual a cavidade da boca se comunica posteriormente com a faringe). A base da cavidade está ocupada pela língua, e o lábio, como sendo o relevo que ocupa as duas margens da boca.

A leitura a seguir também é baseada na acognosia e sugere algumas das proposições mais simples de atitudes comportamentais, em conjugação com o somático, dos pontos de vista objetivo, subjetivo e psíquico, sendo uma adição necessária para a técnica “Análise da Imagem Holística do Cliente,” facilmente encontrada no site www.holopedia.com.br

Tem como objetivo acrescentar recursos para facilitar a análise e a interpretação dos mais recorrentes traços de boca que podem ser revelados nas imagens do cliente. As expectativas são de aproximadamente noventa por cento de exatidão possibilitando assim, revisões constantes.

I-Ausência do traço da boca: pode revelar um cliente que tem a característica de ser incapaz a qualquer satisfação pessoal e que está no auge da dependência. Mesmo que o cliente esteja bem sucedido, poderá está numa condição de vida onde o necessário e o possível deve ser feito somente para o outro. Assim, o impossível é atraído para si. Seu maior desafio poderá ser o de não se deixar levar pela posição de sucesso na vida.

É possível que seu navegador não suporte a exibição desta imagem. II - Boca em traço reto (__): pode revelar um cliente que tem a característica de está sendo conduzido pelo movimento coletivo, ou seja, o seu desejo individual de diferenciação é a procura de adequação às normas do grupo social ao qual pertence ou deseja pertencer. Seu maior desafio poderá ser o de descobrir seus próprios propósitos.

III- Boca em traço em forma de meia lua: pode revelar um cliente que tem a característica de se envolver e assumir como se fossem seus,acontecimentos que para si são sempre surpresas. A princípio, não sabe dizer do que gosta nem do que quer, mas tem capacidade muito grande de ser seduzido. Seu maior desafio poderá ser o de retomar a leitura de valor para si mesmo.

É possível que seu navegador não suporte a exibição desta imagem. IV- Boca em traço em forma de meia lua invertida: pode revelar um cliente que tem a característica de saber o que quer, mas não saber onde está o que quer. Seu maior desafio poderá ser o de definir metas e compromissos a serem assumidos.

V- Boca em traço intermitente (----): pode revelar um cliente que tem a característica de gostar de ficar num posto de observação e não se integrar tendo também limitações em saber o que quer. Suas prováveis palavras de ordem: “pode ser”, “é uma possibilidade”, “talvez”, “vamos ver”, etc. Seu maior desafio poderá ser o de organizar e definir sua meta.

VI- Boca sorriso (traço em forma meia lua na horizontal com um pequeno traço diagonal em cada ponta): pode revelar um cliente que acredita que está num bom momento da sua vida, mas isso, antes de tudo, não passa de um grande esforço, pois nem sempre o sorriso significa felicidade, cordialidade ou boa acolhida. Vale ressaltar que em se tratando de gesto, é quase impossível falar com alguém durante certo espaço de tempo sem sorrir, mesmo que a outra pessoa seja um inimigo. As pessoas também sorriem sarcásticas, irônicas ou compassivamente. Seu maior desafio poderá ser o de não fazer segredo dos seus incômodos.

VII- Boca triste (traço em forma meia lua invertida na horizontal com um pequeno traço diagonal em cada ponta): pode revelar um cliente que tem como característica a lei do maior esforço. Quanto mais obstáculos para superar mais prazer sentirá para atingir o objetivo. Seu maior desafio poderá ser o de abandonar a obrigatoriedade de ser muito competente.

VIII- Boca estribo (? traço reto sob o semicírculo): pode revelar um cliente com grande disponibilidade para o externo. Seu maior desafio poderá ser o de disponibilizar para o outro o que é necessário para si.

IX- Boca estribo invertido (traço reto e sobre o semicírculo): pode revelar um cliente com limitações de fazer uso de suas habilidades. Seu maior desafio poderá ser o de desenvolver sua capacitação.

X-Boca tipo triângulo ? ?: pode indicar um cliente que se disponibiliza para tudo, mesmo não sendo necessário ou possível. Seu maior desafio poderá ser o de vencer o medo de que, se não se disponibilizar espontaneamente, não terá importância.

XI- Boca zangada (traço superior e inferior dos lábios formando a boca, com a língua para fora): pode indicar um cliente que acredita que não tem presença. Seu maior desafio poderá ser a sua aceitação no seu meio de convívio.

XI – Boca marca de beijo (traço superior e inferior dos lábios formando a boca com um semicírculo entre os mesmos): pode indicar um cliente romântico e criador de ilusões. Seu maior desafio poderá ser o de não conseguir sair do lirismo para enfrentar a realidade.

XIII- Boca ferradura (traço de formas [U ?] com ou sem dentes): pode indicar um cliente que tem como antídoto para a sua ansiedade o fato de ser simplesmente atendido. Pode também revelar também um cliente que geralmente dissimula conscientemente. Seu maior desafio poderá ser o não de perceber que está sob observação.

“A boca do insensato é sua ruína, e seus lábios, uma armadilha para si mesmo”. Provérbios 18:7

Afirmamos que é provável a possibilidade da revelação de uma centena de formatos de bocas nas imagens feitas pelos próprios clientes

Para saber mais: www.holopedia.com.br

Destaques da Edição